Cristina Boner Distribui Kits Cidadão em BrasiliaResponda com sinceridade: você sabe o hino nacional de cor, do começo ao fim? E o hino da bandeira? Como é que começa mesmo? Poucos adultos lembram de detalhes ensinados na vida escolar sobre os símbolos nacionais, mesmo tendo convivido numa época que, pelo menos aparentemente, mostrava-se mais preocupada com os ensinamentos cívicos. Atualmente, alunos do sistema de ensino público brasileiro quase não têm acesso a essas informações e quando têm, não chegam a contar com material didático que facilite o aprendizado. No intuito de minimizar esse desconhecimento, o Fórum de Líderes Empresariais da Gazeta Mercantil lançou, em 2001, o Programa de Valorização dos Símbolos Nacionais.

Nele, empresas patrocinam a confecção de Kits da Cidadania – dotados de diversos símbolos nacionais – a serem distribuídos em escolas de todo o país. Composto pela Bandeira Nacional, em pano e tamanho oficial; bandeirolas do Brasil, em papel; folhetos e CD com o Hino Nacional e da Bandeira; exemplar do Selo Nacional e das Forças Armadas; e textos sobre cidadania e ecologia, o Kit-Cidadão tem a missão de resgatar, despertar e fortalecer o sentimento cívico em crianças e adolescentes. A intenção é estimular o exercício da cidadania e difundir o conceito de que os símbolos nacionais pertencem ao povo e à Nação e, por isso, devem ser valorizados. Um dos objetivos práticos, por exemplo, é evitar que as explosões de patriotismo fiquem restritas a períodos isolados, como nas eleições, Copa do Mundo e outras competições esportivas.

“Valorizar estes símbolos é fundamental para a consolidação do país e para o desenvolvimento do conceito de cidadania”, explica Cristina Boner, presidente do Grupo TBA – uma das empresas financiadoras escolhidas para representar o projeto no Distrito Federal. Segundo ela, o objetivo é que os diretores pedagógicos, ao receberem o Kit na escola, desenvolvam atividades que propaguem e disseminem o conceito cívico entre os alunos. Em Brasília, a TBA Informática estará distribuindo Kits para 500 escolas da rede pública de ensino, atendendo, dessa forma, milhares de estudantes. “Para exercer a cidadania, é preciso mais do que apenas nascer ou residir no país. É preciso conhecer, valorizar e se orgulhar desta pátria”, acredita Cristina Boner. “Estar ciente da sua responsabilidade como cidadão é, acima de tudo, desenvolver um sentimento profundo de amor pelo país”.

Para a presidente da TBA, o projeto ganha ainda mais força quando essa mensagem é levada para os mais novos. “Eles estão no estágio de formação da personalidade”, avalia. O engajamento de empresas em programas como este, demonstra a importância de se buscar contribuir e de desenvolver o projeto de uma empresa cidadã. “Com bons resultados, outras empresas perceberão a importância de participar. Em um país como o Brasil, que vive um processo de desenvolvimento e de conquista da soberania, um movimento amplo como este é fundamental para a consolidação da responsabilidade social, seja em casa, nas escolas ou no mercado”, diz Cristina Boner.

Em 11 anos de existência, o Grupo TBA já desenvolveu diversos programas sociais, nos mais variados campos de atuação, com o objetivo de oferecer oportunidade de crescer, de desenvolver uma aptidão e garantir a autonomia e o conhecimento necessário para ser um cidadão. O maior investimento social em 2002 foi a Campanha da Melhor Idade, que ofereceu treinamento em informática gratuito para pessoas acima de 60 anos, e que treinou cerca de 500 alunos. Além disso, a empresa mantém diversas ações de voluntariado e doações em hospitais, creches e escolas.

 

Fonte: http://www.responsabilidadesocial.com/noticias/simbolos-nacionais-vao-as-aulas/

 

Share

Deixe uma Resposta